Oito estratégias para enfrentar momentos de ansiedade

Muitas coisas para fazer, a pressão para entregar uma tarefa em pouco tempo, uma preocupação que não sai da cabeça. Neste artigo, você encontra estratégias para baixar a ansiedade em situações assim. 

 

## Todos nós temos momentos em que nos sentimos ansiosos, ou porque estamos atolados de afazeres, ou porque somos pressionados para realizar algo em pouco tempo, ou porque estamos preocupados com alguma coisa...

 

Nessas situações, a mente entra em parafuso: enquanto fazemos algo, pensamos em todas as outras coisas a fazer, e nos afligimos com a falta de tempo, e já começamos a sofrer por achar que não vamos dar conta... Ou simplesmente não conseguimos tirar as preocupações da cabeça e sentimos uma aflição que não dá trégua.

 

Da próxima vez que se sentir assim, experimente uma dessas estratégias para lidar com a ansiedade. Importante: faça uma respiração mais lenta para acompanhar aquela que você escolher.

 

1. Desacelere

Quando estamos ansiosos, tudo parece mais acelerado – movimentos, a velocidade do pensamento, as batidas do coração, a respiração. Isso torna difícil pensar com clareza e tomar decisões. Ao primeiro sinal de que está acelerando, faça tudo mais devagar. Se está andando, reduza a velocidade o mais que puder. Se está comendo, mastigue vagarosamente e mais vezes. Se está falando, fale pausadamente, e assim por diante.

 

2. Coloque a atenção nos sentidos

O motor da ansiedade são os pensamentos; se você deixar de alimentá-los, a ansiedade perde o impulso. Por alguns instantes, coloque a atenção nos seus sentidos e observe o que você está experimentando por meio da visão, audição, tato, paladar ou olfato. Isso o trará de volta para o momento presente.

 

3. Faça tarefas mecânicas com atenção plena

É em atividades mecânicas como comer, caminhar, dirigir ou fazer tarefas domésticas que a mente mais viaja e mergulha em preocupações. Assim, quando estiver realizando alguma delas, faça-a com total atenção, como se fosse a primeira vez. Os pensamentos de preocupação ressurgirão o todo instante, e tudo bem: recoloque a atenção no que estiver fazendo tantas vezes quando for necessário.

 

4. Cheque a realidade

Geralmente  a ansiedade se origina do medo em relação a situações que ainda não acontecerem. Nossa mente é muito criativa e poderosa e com muita frequência conta histórias que não são verdadeiras!  Quando se perceber tendo um pensamento catastrófico, pergunte-se: “Esse pensamento corresponde à verdade? É algo que realmente vai acontecer?” É possível que seus piores medos sejam apenas isto – medos,  e não fatos.

 

5. Pare de criticar a si mesmo!

Como se não bastasse a ansiedade ser dolorosa o bastante, ainda por cima criticamos a nós mesmos! O autojulgamento em nada contribui para diminuir a ansiedade – pelo contrário, aumenta. Quando perceber que está se criticando, seja benevolente consigo e diga mentalmente “Sou um ser humano em busca de felicidade. Que eu esteja bem, que eu esteja em paz”.

 

6. Canalize a energia da ansiedade

A ansiedade não é de todo má. Como a maioria dos fenômenos mentais, ela tem várias intensidades. Se não for muito intensa, você pode dirigi-la para algo produtivo. Por exemplo, se está agitado à espera de uma notícia, mexa-se – vá caminhar, faça uma arrumação em suas coisas ou alguma outra atividade que envolva o corpo.

 

7. Identifique seus gatilhos

O que o deixa ansioso: atrasar-se, falar em público, eventos sociais, apresentar um projeto importante? Se você reconhecer as situações que disparam a ansiedade, poderá preparar-se para elas, e isso tende a diminuir a tensão. Ainda assim, quando estiver nessas situações, utilize uma das outras estratégias para baixar a ansiedade.

 

8. Combata a ansiedade com a paciência

A impaciência é parceira da ansiedade, assim  como a paciência é parceira da calma. Toda vez que se sentir impaciente, identifique as sensações físicas da impaciência, coloque a atenção nelas e respire calmamente. Você pode dizer a si mesmo “calma, calma, calma...”. A paciência é uma virtude que precisa ser resgatada nesses tempos imediatistas que vivemos.

 

Lidar com a ansiedade é um dos tópicos do Programa Você Mais Centrado com Mindfulness. Clique aqui para saber o que mais você pode aprender!

 

 

 

 

Compartilhe
Please reload

Categorias
Please reload

Outros conteúdos

October 25, 2017

Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square